terça-feira, 9 de junho de 2009

Promete que participa?

Vou começar hoje a campanha:
"Mate uma pessoa ignorante.
E faço do planeta um lugar melhor"
Hoje eu fui pagar as contas da casa como eu sempre faço quando minha mãe não pode ir.
Arrumei a cozinha, me arrumei e desci correndo o morro [não me humilhem por que eu moro no morro] pra pegar o ónibus das 2.00 quando estava a pouco mais de meio metro ele passou. ¬¬'
Esperei no ponto com uma menina que estudou comigo no 1° ano, em 2005, e então veio o de 14.20. É agora que começa a saga dos 50,00. Leiam.
Passei a roleta e dei a trocadora uma nota de cinquenta [sabendo que o troco máximo é 10,00], ela com toda cara-de-bunda que lhe cabia diz: "Aqui, você não quer ir na padaria e tentar trocar esse dinheiro não? Porque eu não tenho troco, e até na pracinha da prefeitura não vai dar pra juntar pra você não. [a pracinha da prefeitura é o lugar onde eu ia descer] Vocês deviam saber que esse horário é ruim de troco, e que não tem troco pra nota grande não."
Minha filha.! Eu não trabalho nos Coletivos Muriaeenses não. Hunpf!
A mulher mal educada fico segurando o dinheiro e eu fazendo cara de 'não sei como agir', até que a minha colega se incomodou e tirou 10,00 pra me emprestar até no centro.
Descendo do ônibus fui eu na padaria trocar os 50,00 renegado. Peguei uma Coca de 1,00, abri a fui paga-la. Então começa a saga 2. Leiam o diálogo:
Comerciante Grossa: Aaaa eu não tenho troco não.
Eu: (Sorriso sem graça), Tem não? Então eu vou ali na ótica vê se troca.
C.Grossa:Dá uma nota de 50,00 pra tirar um 1,00. Eu acabei de trocar pro homem ali. Você não deveria abrir antes de pagar.
Eu: (Agora já bastante estressada por causa do jeito mal educado dela e por que faltavam 15 mim pro banco fechar.) Moça! Eu não falando que não vou pagar a senhora.Nem pedindo pra senhora me dá o refrigente não. O dinheiro tá ai... Eu vou troca e te paga, eu não quero de graça não.
C.Grossa:Eu não falando que vc não vai me pegar... Só falando que vc não devia abrir sem pagar. Se você não trocar o dinheiro eu vou perder o refrigerante.
De repente ela vai num cantinho e troca o dinheiro.Qual mágica ela troca o dinehiro. ¬¬*
Eu: Se eu abri é por que eu ia pagar. Eu ia dar um jeito e ia pagar. (Peguei a coquinha e fui andando. Virei pra traz e falei:Aqui, a senhora não devia falar assim comigo. Eu tratando a senhora direito.
Agente tem com outros a educação que desejareceber.

Ps: Perdão pelo post imenso. Mas precisava botar pra fora.E desculpas também pelos erros de português, e concordância.Mas é que 6 meses sem escrever fizeram de mim quase um Lula da vida.

2 comentários:

Ricelly Gama disse...

Pq vc coloca esses comentários em letra azul e pequena? É difícil de ler hmm' ¬¬'

Se eu for matar todos os ignorantes que me rodeiam eu fico só, comofas? HSAIUEHIUASHUEI' -N

Não, mas sério, pior que a tia da cantina da minha ex-escola não existe outra igual: além de tratar mal os clientes lindinhos e super educados do ensino médio (leia: mortos de fome no intervalo) ela ainda dava o troco errado, PRA MENOS :O , triste u_u'

V. Martins disse...

Pq vc coloca esses comentários em letra azul e pequena? É difícil de ler hmm' ¬¬'

DIFÍCIL? É IMPOSSÍVEL!
Tive que copiar e colar num Bloco de Notas u.u
AIUEHIEAUHAEIUHAEIU /ésério :x

Hm, engraçado. Aqui em Friburgo não existem trocadoras mulheres :B nem motoristas ._. HAHA

Aconteceu a MESMA coisa comigo esses dias na paradinha de sorvete do McDonald's. Só que eles não tinham troco pta 20.

PARA VINTE! o_o
Fiquei sem sorvete :/